terça-feira, 20 de maio de 2008

Organizador conta como ocorre o culto

Por Laura Buoro Cortizo

Em meio ao nosso trabalho de campo, conseguimos uma entrevista com o organizador do Santo Daime em campinas, mais precisamente em Barão Geraldo. O organizador Beto nos contou como funciona o ritual e todas as suas etapas, e ainda abriu um convite a todos que têm interesse de participar de um “trabalho”, é assim que é chamado o ritual daimista, lembrando que só deve participar aquele que se sentir preparado para ingressar na religião, e não ir apenas por curiosidade. Qualquer informação sobre aonde é realizado o culto e até mesmo o contato do organizador é só entrar em contato com a equipe.
Obs: Já foi realizada uma postagem à respeito do culto, porém a postangem foi feita por base de pesquisa e nos revela os principais pontos, já nesta que foi realizada a partir de entrevista, nós podemos encontrar pontos mais precisos. A entrevista se tratou do culto pois segundo o organizador é a única coisa que ele pode nos contar, para sabermos mais deveríamos ir até um "trabalho", mas vale recordar que não podemos ir apenas para assistir, temos que ir e participar inclusive tomando o chá.

O Culto
A liturgia daimista consiste em três tipos básicos de trabalho: concentração, festejos (também conhecidos como bailados) e feitio, e em todos se comunga do Santo Daime.Nas concentrações realiza-se um trabalho de auto-conhecimento e aprendizagem através das mirações, visões alcançadas através da fé de cada participante e da bebida sagrada.

Concentração
Cerimônia religiosa do Santo Daime, conhecida como o culto daimista por excelência, já que os festejos, como o próprio nome diz, são festas, celebrações.As concentrações costumam ser realizadas por convenção todos os dias 15 e 30 de cada mês nas igrejas daimistas; contudo, também por convenção ou conveniência de cada igreja, em alguns centros são realizadas em outros dias (finais de semana, por exemplo).São duas as liturgias da Concentração daimista, mas em ambas toma-se o Daime, fecha-se os olhos e permanece-se em silêncio entre aproximadamente uma e duas horas, canta-se um conjunto de hinos conhecido como "Hinos novos" ou "Cruzeirinho", rezam-se Pai-Nossos Ave-Marias e Salve-Rainhas e está encerrado o trabalho.

Festejos

Um dos tipos de trabalho que constituem a liturgia do Santo Daime. Neles ocorre o bailado, ao som de maracás e outros instrumentos.Algumas datas "festejadas" pelo Santo Daime são:• Dia de São José;• Dia de São João;• Dia de Todos os Santos;• Dia dos Pais;• Dia das Mães;• Dia de Nossa Senhora da Conceição;• Natal;• Dia de Reis;• Aniversário do Mestre Irineu;• Aniversário do Sr. Leôncio Gomes da Silva.

Feitio

O feitio é cerimônia ritual em que se produz a bebida enteógena utilizada no culto do Santo Daime. As duas plantas com que é preparado o santo daime são:• O banisteriopsis caapi, conhecido popularmente como jagube, mariri, entre outras denominações, e• A psicotria viridis, popularmente rainha ou chacrona.O jagube é batido com marrretas de madeira, e depois de as folhas do arbusto rainha haverem sido limpas, os dois são cozidos em água.Esse primeiro cozimento é retirado e colocado em outra panela com uma nova quantidade de jagube e rainha. Após esse segundo cozimento está pronto o daime.

Hinários

Doutrina cantada, o Santo Daime conta hoje com mais de 80 hinários, segundo a "hinarioteca" daimista. Os principais são "O Cruzeiro", do Mestre fundador da doutrina, e outros quatro hinários, conhecidos como "os quatro falecidos", "hinário dos finados" ou, ainda, "hinário dos mortos":• Vós Sois Baliza, de Germano Guilherme;• Seis de Janeiro, de João Pereira;• O Amor Divino, de Antônio Gomes;• O Mensageiro, de Maria Marques "Damião".

3 comentários:

André Damázio disse...

TRECHO EXTRAÍDO DO BLOGUE WWW.OQUEESANTODAIME.BLOGSPOT.COM

E nem pra mencionar a fonte, companheiro?!

André Damázio disse...

TRECHO EXTRAÍDO DO BLOGUE WWW.OQUEESANTODAIME.BLOGSPOT.COM

E nem pra mencionar a fonte, companheiro?!

Artur Rodrigues disse...

preciso de contato do nosso irmão Beto de campinas ? pode me auxiliar?
artur.rco@gmail.com